domingo, 14 de agosto de 2011

O trem de passageiros São Luís - Parauapebas


Flavio R. Cavalcanti - 11 Ago. 2011

O trem de passageiros da Vale na Estrada de Ferro Carajás parte, em dias alternados, de São Luís (MA) e de Parauapebas (PA), pontos extremos da linha *[sem considerar a extensão até a mina de ferro].
  • Partidas da Estação Ferroviária de São Luís às Segundas, Quintas e Sábados.
  • Partidas de Parauapebas às Terças, Sextas e Domingos, realiza o percurso de voltaDevido ao grande número de trens de minério, que exigem horários rígidos de funcionamento ao longo de toda ferrovia, o Trem de Passageiros faz paradas de apenas três minutos na maioria das estações (tal como ocorre também na EFVM).
    Decorre daí uma característica interessante — o carro salão, que permite “acomodar melhor passageiros portadores de deficiências e proporcionar maior flexibilidade de embarque nos pontos de parada – onde não existe estação ferroviária”. A explicação: “Com o carro salão, todos embarcam, o trem segue seu curso e os comissários, de forma tranqüila, podem emitir os bilhetes de passagem de acordo com os trechos de destino de cada um” [Trem de Passageiros da Companhia Vale do Rio Doce: um comboio de muitas histórias de vida]. Há uma indicação, portanto, de Paradas, “onde não existe estação ferroviária”.
    Interior de um vagão da classe Executiva do Trem São Luís - Parauapebas. Foto: Vale

Nenhum comentário:

Postar um comentário